concept.png

SBC VAI À ESCOLA

O programa tem como finalidade trabalhar a conscientização dos estudantes das redes municipal e estadual de ensino fundamental e médio, na promoção de saúde e a prevenção de doenças cardiovasculares. A abordagem é feita de maneira interativa e permite que a construção seja realizada via de mão dupla entre especialistas e comunidade escolar. O programa está estruturado em formato intersetorial e interprofissional e contém quatro grandes pilares de ações: Dia da Formação de Monitores, Dia do Coração da Escola, Programa de Educação Cardiovascular Continuada e Ampliação das ações preventivas para a comunidade como um todo.

A interprofissionalidade se caracteriza pela participação de professores, psicólogos, pedagogos, acadêmicos (integrantes das ligas acadêmicas, das faculdades de medicina, fisioterapia, educação física, enfermagem, nutrição, psicologia), nutricionistas, enfermeiros, merendeiras, educadores físicos e outros profissionais da rede escolar. Caracterizam a Intersetorialidade do Programa a participação concomitante do Governo (representado por suas Secretarias de Educação, Saúde, Esporte e Cultura), das Escolas, das Faculdades, e das Sociedades de Especialistas em Cardiologia. Uma das características mais marcantes do programa é que todas as ações são construídas com a participação da comunidade escolar facilitando a aprendizagem sobre a importância da prevenção dos fatores de risco para doenças cardiovasculares, sete fatores de risco são abordados: sedentarismo, obesidade, tabagismo/ outras drogas, dislipidemia, hipertensão arterial, diabetes e estresse; em contrapartida dois grandes fatores protetores são apresentados: alimentação saudável e atividade física regular.

Em um primeiro momento é realizado junto à escola a formação dos monitores do programa, falando dos fatores de risco e fatores protetores relacionados à prevenção das doenças cardiovasculares. O segundo momento é o dia Do Coração, evento que marca as ações desenvolvidas e criadas no dia de Formação juntamente com os monitores formados pelo Programa, trabalhando dentro da realizada daquela comunidade escolar. Neste dia, os estudantes percorrem um circuito de cinco oficinas: nutrição, relaxamento, atividade física, teatro e multimídia/estudo. Aprendem com ações práticas, dentro dos critérios da didática e pedagogia educacional vigente, como promover a saúde e prevenir as doenças cardiovasculares. Vivenciam desde a elaboração de uma alimentação saudável, a orientação de atividades físicas regulares, até o imprescindível primeiro atendimento em uma parada cardiorrespiratória. A presença e abordagem interprofissional dos Monitores em cada Oficina oferece a oportunidade de ampla discussão sobre os temas expostos, onde o conhecimento científico é compartilhado entre todos.

Após o Dia do Coração da Escola, o terceiro pilar é o Programa de Educação Continuada Cardiovascular a ser implementado pela escola. O objetivo é que aqueles que receberam o programa desenvolvam, de forma ativa e continuada, ações de prevenção no ambiente escolar considerando os dias temáticos já realizados pela Sociedade Brasileira de Cardiologia. E por último, é talvez o pilar mais importante é expandir todo o conhecimento adquirido para a sociedade como um todo, fazendo com o que estudante se torne protagonista em ações de prevenção junto a familiares e seus grupos sociais.

Interiorização do Programa SBC Vai à Escola – Estado de São Paulo/ 2019
O Programa foi ampliado para as 21 diretorias de ensino do Estado de São Paulo. Nessa primeira etapa foram formados os monitores do programa em 200 escolas dos municípios de São Paulo. Em, 27 de setembro foi realizado um grande evento sobre Prevenção em Saúde Cardiovascular para mais de 60.000 jovens no Estado. Essa expansão tem parceria com a Secretaria de Educação do Estado de São Paulo e apoio da SOCESP.

1/1

Nacionalização do Programa SBC Vai à Escola - Estado de Goiás/ 2019

O Programa teve sua expansão iniciado no Estado de Goiás, que teve o apoio da Secretaria de Educação do Estado e um engajamento total da equipe da regional da SBC-GO. Foram formados 21 monitores e o programa aplicado para 400 alunos da escola CEPI Francisco Maria Dantas. o programa será estendido para mais 30 escolas do Estado de Goiás. 

 

CONVÊNIO CONSED

No início de 2020 a Sociedade Brasileira de Cardiologia e o CONSELHO NACIONAL DE SECRETÁRIOS DE EDUCAÇÃO estabeleceram um termo de cooperação para desenvolverem ações conjuntas de cooperação e intercâmbio de informações concentradas na promoção da conscientização da comunidade escolar visando a prevenção de doenças cardiovasculares e facilitando as ações junto às secretarias de educação dos Estados da federação.

Escola Estadual Peixoto Gomide

Diretoria de Ensino Itapetininga / SP – 2018

1/1

Escola Leandro Klein

Diretoria de Ensino Itapetininga / SP – 2018

1/1

39º Congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo - 2018

2ª Mostra de Experiências Exitosas no Ensino de Prevenção das Doenças Cardiovasculares da Rede Pública do Estado de São Paulo

1/1

72º Congresso Brasileiro de Cardiologia – 2017

1ª Mostra de Experiências Exitosas no Ensino de Prevenção das Doenças Cardiovasculares da Rede Pública do Estado de São Paulo

1/1

Escola Caetano de Campos

São Paulo / SP - 2017

1/1