BLOG

  • Portal da Prevenção

10 Dicas: Insuficiência Cardíaca

A insuficiência cardíaca é uma doença em que o coração não consegue mais bombear sangue suficiente para o corpo, comprometendo as funções e necessidades do organismo, podendo ser divida em dois tipos:


  • Insuficiência cardíaca sistólica: Acontece quando o músculo cardíaco não consegue bombear ou ejetar o sangue para fora do coração adequadamente.

  • Insuficiência cardíaca diastólica: os músculos do coração ficam rígidos e não se enchem de sangue facilmente.

No Brasil, segundo o Datasus, são registrados 240 mil novos casos de insuficiência cardíaca, e o aumento da prevalência da doença acontece por conta do envelhecimento populacional e dos fatores de riscos, tais como a obesidade, pressão alta e diabetes, o que pode levar à dificuldade em exercer atividades físicas habituais e à perda da qualidade de vida.


Dados estatísticos dos Estados Unidos estimam que 5,7 milhões de americanos com mais de 20 anos de idade tem a doença e espera-se um aumento de aproximadamente 46% entre 2012 e 2030, resultando em mais de 8 milhões de adultos com insuficiência cardíaca.

As principais causas dessa enfermidade são decorrentes de outros problemas que atingem direta ou indiretamente o coração, como pressão arterial não tratada ou descontrolada, sequelas de infarto do miocárdio, alterações nas válvulas cardíacas e doenças virais do músculo do coração.


Esses são os fatores mais comuns que podem levar à insuficiência cardíaca e, por isso, é importante adotar hábitos preventivos para evitar o aparecimento da doença.

Com isso, listamos abaixo algumas dicas para evitar e prevenir a doença:


  1. Faça check up anualmente, especialmente para aqueles que estão no grupo de risco (diabéticos, hipertensos, tabagistas, mulheres pós-menopausa, colesterol elevado);

  2. Adote uma alimentação saudável: pouco sal, sem frituras e mais frutas, verduras e legumes.

  3. Pratique atividades físicas: faça uma caminhada diária de pelo menos 30 min, você previne diversas doenças cardíacas e a obesidade.

  4. Evite bebidas alcoólicas.

  5. Não fume o cigarro é um fator de risco significativo para acidentes cerebrais vasculares e ataques cardíacos mortais.

  6. Meça a pressão pelo menos uma vez por ano.

  7. Evite o estresse O cansaço mental, que muitas vezes é relacionado ao excesso de trabalho e à correria do dia a dia, pode ser um sintoma da doença. Aproveite o tempo com a família e amigos.

  8. Mantenha o peso ideal, evite a obesidade.

  9. Dê preferência a comer as frutas ao invés de beber os sucos.

  10. Realize avaliações cardiológicas periodicamente e siga as orientações do seu médico ou profissional da saúde.

Referências bibliográficas:

http://publicacoes.cardiol.br/portal/abc/portugues/2019/v11301/pdf/11301002.pdf

http://publicacoes.cardiol.br/portal/portal-publicacoes//Pdfs/ABC/2017/10801/10801011.pdf

0 visualização